MP Sports camisas oficiais ! Acesse

Digite Seu E Mail abaixo para receber nossas novidades

domingo, 24 de outubro de 2010

O placar pode até levar a imaginar que o confronto entre Atlético-PR e Fluminense, neste domingo, na Arena da Baixada, pela 31ª rodada do Brasileirão, foi daqueles de tirar o fôlego e mostrar por que as duas equipes ocupam a parte de cima da tabela. Mas não foi bem assim. Com muita catimba e erros de passe, o duelo foi pautado no meio de campo, e o 2 a 2 se deu mais pela disposição na reta final do que pela inspiração dos jogadores. Um deles, no entanto, teve uma tarde para esquecer: Washington.

Além de chegar a nove jogos sem fazer gols pelo Tricolor – o maior jejum de sua carreira -, o Coração Valente relembrou os velhos tempos e fez a alegria da torcida do Furacão, com um gol contra. Wagner Diniz, Marquinho e Conca completaram o placar. Os episódios negativos para Washington, no entanto, não param por aí. No gol do argentino, ele pegou a bola para cobrar pênalti, para desespero da torcida tricolor, que àquela altura já imaginava mais um erro do atacante. Mas Conca mostrou personalidade, pegou a bola, bateu e empatou o jogo.

Com o resultado, o Fluminense voltou ao primeiro lugar da competição, com 54 pontos, já que o Cruzeiro perdeu para o Atlético-MG por 4 a 3. O próximo compromisso está marcado para a próxima quinta, às 21h, no Engenhão, contra o Grêmio de Renato Gaúcho.

Já o Atlético-PR não tem muito o que comemorar. Os dois pontos perdidos em casa tiraram a equipe da zona de classificação para a Libertadores. Com 47, agora o Furacão é sétimo e encara o São Paulo, também quinta às 21h, na Arena Barueri.

0 comentários:

Postar um comentário