MP Sports camisas oficiais ! Acesse

Digite Seu E Mail abaixo para receber nossas novidades

Valério e Social ficam no empate em um jogo frio

Foto/Reprodução: Defatoonline.com.br ( Rodrigo Andrade )


A manhã deste domingo, 25 de setembro, estava fria em Itabira. O clima parece ter contaminado os jogadores de Valério e Social, que fizeram um jogo sem emoções no estádio Israel Pinheiro. Com as duas equipes já classificadas, ninguém quis se esforçar muito e o resultado de 1 a 1 acabou sendo justo pelo que foi a partida. Melhor para o Dragão, que somou 13 pontos e terminou na liderança da chave B.

O Social ficou com o segundo lugar da chave, com 12 pontos. Os dois times agora aguardam o fim dos jogos nos outros dois grupos para que conheçam os adversários na próxima fase da Terceira Divisão do Campeonato Mineiro. Essa etapa só termina no próximo fim de semana, já que as chaves A e C têm cinco times.

Valério e Social fizeram um jogo frio. O time de Coronel Fabriciano, inclusive, jogou com o time quase todo reserva. Apenas o lateral direito Diego era considerado titular. Mesmo assim, o Dragão não aproveitou e deixou o campo com o empate.

Foto/Reprodução: Defatoonline.com.br ( Rodrigo Andrade )


O primeiro tempo foi até melhor que o segundo, até porque foi na primeira etapa que saíram os dois gols do jogo. O primeiro foi do Valério, aos 20 minutos. Dalmo foi derrubado na área e a arbitragem marcou pênalti. O próprio Dalmo bateu e marcou 1 a 0.

Outro lance de perigo veio só aos 31, com o Social no ataque. Robinho bateu colocado e assustou o goleiro Eládio. No fim do primeiro tempo, já aos 44 minutos, o atacante apareceu na área de novo, dessa vez para marcar. Conrado cobrou falta e Robinho desviou de cabeça: 1 a 1.

No segundo tempo, apenas trêss lances chamaram atenção. O primeiro, aos 11, foi do Social. Conrado arriscou de longe e fez Eládio trabalhar. Aos 28, o goleiro do VEC apareceu novamente, em uma defesa espetacular. Daniel chutou forte da grande área e o arqueiro do Dragão se esticou no alto para evitar a virada.

O Valério só levou perigo aos 38 minutos. O volante Júnior Negão pegou uma sobra na frente da grande área e chutou. O goleiro Tiago fez boa defesa.

Depois disso, mais nada de emoção aconteceu. Com o empate, o Valério completa cinco jogos sem vencer o Social, segundo estatísticas do clube de Coronel Fabriciano.

Fonte: Defatoonline.com.br
Leia Mais

Tabela e Jogos - 26° rodada - Brasileirão Serie A -

Leia Mais

Camp.Brasileiro - 26° rodada - Ceará 3x2 Coritiba

Foto/Reprodução: Globoesporte.com


O Ceará deu um basta na maré de azar e bateu o Coritiba por 3 a 2, neste domingo, pela 26ª rodada do Brasileirão. A vitória foi suada. O vozão ficava na frente do placar, mas o Coxa insistia em empatar e ameaçar o Alvinegro em pleno estádio Presidente Vargas. A partida, com muitos gols, foi movimentada e com várias chances para os dois lados.

Foi a primeira vitória do Vozão sob o comando do técnico Estevam Soares. Os gols cearenses foram marcados duas vezes pelo atacante Roger e o zagueiro Edmilson. Pelo Coxa, Bill marcou duas vezes.

Mesmo sem a vitória, o Coritiba permanece na briga do G-5, mas a distância ficou em cinco pontos. Continua na nona colocação, com 36 pontos. Já o Vozão respira e se distancia do grupo do rebaixamento. Subiu para a 14ª posição, com 30 pontos.

O próximo compromisso do Alvinegro será no domingo, às 16h (de Brasília), quando vai até Belo Horizonte enfrentar o Atlético-MG. No mesmo horário, o Coxa duelará com o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli.

Fonte: Globoesporte.com
Leia Mais

Camp.Brasileiro - 26° rodada - Atlético-GO 1x1 Palmeiras



A capacidade que o Palmeiras tem para complicar jogos favoráveis impressiona. Assim como impressiona a garra de um Atlético-GO que, mesmo com dois a menos, buscou o empate por 1 a 1 contra o Verdão, neste domingo, no Serra Dourada, e encarou o resultado como vitória heroica. Pois o time de Luiz Felipe Scolari abriu o placar, viu dois expulsos do outro lado e tinha campo livre para ampliar. Nada disso parece ter mexido com os 11 alviverdes em campo, que apenas assistiram de camarote a uma demonstração de superação dos rubro-negros goianos. Um time não quis vencer e está mais longe da briga por Libertadores. O outro, guerreiro, foi ovacionado pela torcida e mantém sua fama de “chato”.

Parece que o Verdão entrou determinado a empatar, e conseguiu. Com 12 igualdades, o time é o recordista do resultado no Campeonato Brasileiro – os 39 pontos mantêm os comandados de Felipão a dois do quinto colocado Fluminense, primeiro no G-5.

O Atlético-GO subiu para os 35 pontos, no meio da tabela - é o 12º. Valeu para o time de Hélio dos Anjos mostrar que é forte e brioso. Se a briga por Libertadores está longe, ao menos o rebaixamento não parece uma realidade para os goianos.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o lanterna América-MG no Canindé, sábado, às 18h. No domingo, às 18h, o Atlético pega o Botafogo no Serra Dourada.
Foto/Reprodução: Globoesporte.com


Fonte: Globoesporte.com

Leia Mais

Camp.Brasileiro - 26° rodada - Avaí 1x2 Grêmio



O Grêmio fez o 'feijão com arroz' neste domingo para vencer o Avaí, por 2 a 1, na Ressacada, em Florianópolis, em jogo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, e respirar um pouco na tabela. Em jogo de baixa qualidade técnica, os gaúchos levaram a melhor com gols de Mário Fernandes e Douglas - Pedro Ken descontou - e chegaram aos 33 pontos na tabela, uma distância de oito para o primeiro time da zona do rebaixamento e para o primeiro time da zona da Libertadores.

Já a situação dos catarinenses é dramática. Com 22 pontos, o time segue em penúltimo lugar e com riscos cada vez maiores de ser rebaixado. Na próxima rodada, o Avaí sai para enfrentar o Bahia, sábado, no Pituaçu, enquanto o Grêmio recebe o Cruzeiro, domingo, no Olímpico.


Foto/Reprodução: Globoesporte.com

O duelo começou com muitos passes errados e falta de inspiração dos dois lados. Com os laterais presos na marcação e os meias sem criatividade, as chances de gol eram raras. O Grêmo investia nas bolas cruzadas, na esperança de uma cabeçada de André Lima, mas a defesa do time da casa levava a melhor. No Avaí, Lincoln era o jogador mais perigoso, dando um toque de qualidade ao time carente de técnica.

O equilíbrio era grande em todos os fundamentos: 11 passes errados para cada lado, uma finalização a mais para o Grêmio (8 contra 7 do Avaí) e duas boas oportunidades para cada. A primeira, para os gaúchos, aos 24, quando Escudero cruzou da esquerda, André Lima se antecipou ao marcador e desviou com a ponta da chuteira, mas Felipe defendeu. A resposta da equipe da casa foi dada aos 30, em cobrança de falta perigosa de Fernandinho que Victor espalmou.

Fonte: Globoesporte.com
Leia Mais